sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Pré-Jogo: Everton x Crystal Palace (Premier League 2017/18, 27ª rodada)


Buscando se redimir rapidamente da goleada acachapante sofrida na semana passada, o Everton recebe o Crystal Palace em partida válida pela vigésima sétima rodada da Premier League.

O confronto é muito importante pela proximidade na tabela de classificação. Os Toffees ocupam a 10ª colocação com 31 pontos enquanto os Eagles, com 27 pontos, estão na 14ª.

Curiosidades:


Nos últimos cinco jogos de Premier League contra o Palace, o meia Sigurdsson participou de seis gols, marcando dois e assistindo para outros quatro.


O Everton não perdeu nenhum dos últimos seis duelos contra o Crystal Palace, vencendo dois e empatando quatro.

Os Eagles saíram invictos de Goodison Park nas últimas quatro visitas ao estádio em jogos pela Liga. São duas vitórias e dois empates no período.

Lesionados:

Pelo lado do Everton seguem de fora Baines, Stekelenburg e McCarthy. Funes Mori deve ser relacionado.

A lista de desfalques do Crystal Palace é um pouco mais longa:
Kelly, Zaha, Loftus-Cheek, Speroni, Puncheon, Wickham, Dann e Sako não atuarão.

Davies e Calvert-Lewin podem aparecer como novidades entre os titulares.

Prováveis escalações:

EVERTON: Pickford, Coleman, Holgate ( Keane ), Jagielka e Martina; Gana; Walcott, Davies, Rooney e Sigurdsson; Niasse ( Calvert-Lewin ).
Técnico: Sam Allardyce.

CRYSTAL PALACE: Hennessey, Fosu-Mensah, Sakho, Tomkins e Van Aanholt; Riedewald e Milivojevic; Townsend, Cabaye e McArtur; Benteke.
Técnico: Roy Hodgson.


Ficha do jogo:

Data e hora: 10/02/2018 - 13:00.
Estádio: Goodison Park.
Árbitro: Jonathan Moss.
Transmissão: ESPN Extra.

Pós-Jogo: Arsenal 5x1 Everton (Premier League 2017/18, 26ª rodada)


O Everton visitou o Arsenal, no último sábado, e voltou para casa com mais um vexame. A derrota sofrida por 5x1 deixou ainda mais claras as falhas da equipe e a incapacidade de atuar em alto nível nos grandes jogos desta temporada.

O jogo

Sam Allardyce modificou bastante a equipe para a partida. O sistema de jogo foi alterado para o 5-4-1. Kenny, Keane, Williams, Mangala e Martina formaram a linha de cinco atrás. Com Gana Gueye e Schneiderlin na frente da área, a equipe tinha em campo sete jogadores com características defensivas.

Toda essa cautela não foi o suficiente para parar o ataque do Arsenal. Os donos da casa abriram o placar logo aos cinco minutos com Ramsey. Dez minutos depois, Koscileny ampliou de cabeça. E antes dos vinte, Ramsey já tinha marcado o terceiro do Arsenal.

Com toda sua covardia e desorganização, o Everton foi presa fácil, mesmo para um Arsenal que não estava em um de seus melhores momentos na temporada.

Sem ter muito como responder ao jogo dos Gunners, o Everton passou o resto da primeira etapa tentando apenas não aumentar a vergonha. Mas antes do fim da primeira parte, ainda houve tempo para o estreante Aubameyang ser premiado pelo bandeira e ter um gol completamente impedido validado.

Allardyce mudou o esquema de jogo trazendo Tom Davies para o segundo tempo no lugar de Keane. Seja pela mudança tática ou preguiça do Arsenal, o Everton conseguiu ficar mais com a bola no início do segundo tempo.

Niasse até chegou a acertar a trave de Cech após receber bom cruzamento de Walcott. Mas o gol de honra do Everton viria do substituto do ponta inglês. Três minutos após entrar na vaga de Walcott, Calvert-Lewin subiu de cabeça completando cruzamento de Martina e marcou o único gol dos Toffees.

O jogo acabou ficando um pouco amarrado na metade da segunda etapa, sem que nenhuma das equipes criasse oportunidades. 

O Arsenal só foi definir o placar faltando quinze minutos para o fim com Ramsey, de novo.

Big Sam, estranhamente colocou Cenk Tosun para jogar os minutos finais da partida, que já estava perdida. Talvez esteja planejando iniciar a próxima partida com o Turco.

No final, o Everton acabou saindo com mais um placar vergonhoso em outra atuação muito fraca nesta temporada.

Na próxima rodada, a equipe receberá o Crystal Palace, em Goodison Park.

Estatísticas



Arsenal
Everton
Posse de bola
58%
42%
Chutes
15
10
Chutes na meta
7
2
Escanteios
4
6
Faltas
8
8
Cartões amarelos
2
2
Cartões vermelhos
0
0

Gols da partida: http://www.espn.com.br/futebol/partida?jogoId=480647

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Pré-Jogo: Arsenal x Everton (Premier League 2017/18, 26ª rodada)


Tentando aproveitar a má fase do adversário e o embalo da vitória por 2x1 contra o Leicester, o Everton visitará o Arsenal, neste sábado, pela vigésima sexta rodada da Liga. 

Novidades das equipes

O Everton poderá ter a estreia de Mangala. O zagueiro francês foi contratado por empréstimo junto ao Manchester City no último dia da janela da transferências.

Já o Arsenal ainda tem sua última contratação como dúvida para a partida. Aubameyang não está 100% fisicamente e pode ter sua estreia adiada.

Curiosidades
Contando todas as competições, o Everton não vence o Arsenal fora de casa há vinte e três partidas. Foram dezenove derrotas e quatro empates neste período.

Sam Allardyce completará seu jogo de número 500 dirigindo um time na Premier League. Apenas outros quatro técnicos alcançaram essa marca: Harry Redknapp, David Moyes, Arsene Wenger e Alex Ferguson.

Escalações prováveis

Arsenal: Cech; Bellerín, Koscielny, Mustafi e Monreal; Xhaka, Wilshere, Ramsey, Mkhitaryan, Özil e Lacazatte.

Everton: Pickford; Coleman, Jagielka, Keane e Martina; Gana Gueye, Davies, Rooney, Sigurdsson, Walcott e Niasse (Cenk Tosun).

Transmissão: ESPN Brasil (TV por assinatura) - 15h30 (horário de Brasília)

Pós-Jogo: Everton 2x1 Leicester (EPL 2017/18, 25ª rodada)



Após seis rodadas sem vitória, o Everton voltou a vencer na última quarta-feira, quando recebeu o Leicester em Goodison Park. O recém-contratado Theo Walcott marcou seus dois primeiros tentos com a camisa do clube na vitória pelo placar de 2x1.

O jogo


O Everton foi a campo com uma linha defesa bastante modificada. Jagielka e Keane formaram a dupla que antes era composta por Holgate e Williams. E Seamus Coleman, retornando de longo tempo lesionado, reassumiu a lateral-direita. Martina, como de costume, continuou improvisado na esquerda.

O time de Sam Allardyce começou o jogo bastante nervoso, errando muitos passes e livrando-se bastante da bola. O Leicester, praticamente, teve o domínio do jogo até a abertura do placar.

O primeiro gol de Theo Walcott acabou saindo de uma bobeira da defesa dos visitantes. Aos vinte e cinco minutos, Chilwell perdeu bola fácil para Martina no campo de defesa. A posse acabou ficando com Sigurdsson na direita, que cruzou para Walcott livre só empurrar para as redes.

A partir do gol, o Everton começou a trabalhar um pouco melhor a bola e tentar criar jogadas. Destaque apara um entrosamento precoce entre Walcott e Coleman no lado direito. Alguams boas ações do Everton durante a partida vieram dessa dobradinha.

O segundo dos Toffees veio quinze minutos após o primeiro. Desta vez, Rooney cruzou para Keane, que acabou pegando mal na bola, mas Walcott estava esperto para aproveitar a jogada e finalizar cruzado.

Antes do primeiro tempo acabar ainda deu tempo de Niasse perder grande chance de fazer o 3x0 e, praticamente, matar a partida.

Ao contrário de outras partidas, o Everton conseguiu manter o controle do jogo até metade da segunda etapa. Porém não chegou a criar grandes chances para aumentar o placar.

O jogo só mudaria um pouco de clima no minuto setenta e um. Rooney puxou Ndidi dentro da área em uma jogada boba e árbitro assinalou pênalti. Vardy foi para a cobrança e converteu.

A partir daí, o Leicester veio com tudo para cima do Everton e teve duas grandes chances de empatar em uma mesma jogada. Iheanacho aproveitou bate rebate na área para desviar para o gol, mas a bola acabaou batendo no travessão. O rebote acabou voltando para o atacante nigeriano, que finalizou na trave esquerda de Pickford.

Big Sam buscou defender a vitória tirando os cansados Rooney, Sigurdsson e Niasse e colocando Williams, Schneiderlin e Calvert-Lewin. A estrategia acabou dando certo e o Everton conseguiu segurar o resultado suado de 2x1 até o final.

Com a vitória, a equipe diminuiu a diferença para o oitavo colocado, Leicester, para três pontos e aumentou a distância para oito em relação a zona de rebaixamento.

Estatísticas


Everton
Leicester
Posse de bola
44%
56%
Chutes
9
8
Chutes na meta
4
2
Escanteios
5
5
Faltas
10
10
Cartões amarelos
0
2
Cartões vermelhos
0
0

Gols da partida: http://www.espn.com.br/futebol/partida?jogoId=480662

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Pré-Jogo: Everton x Leicester (EPL 2017/18, 25ª rodada)



Em meio ao último dia da janela de transferências, que ainda pode reservar alguma surpresa, o Everton recebe o Leicester em partida válida pela vigésima quinta rodada da Premier League.


Os Toffees, que não triunfam há seis jogos na Liga, precisam da vitória para diminuir a vantagem das equipes acima e principalmente para aumentar a distância dos times que brigam contra o rebaixamento.

Palavra dos treinadores:
Big Sam: "Primeiro nós teremos que parar o trio ofensivo Mahrez, Okazaki e Vardy. Se obtivermos êxito nessa tarefa poderemos agredir o Leicester quando tivermos chances".


Claude Puel: "O Everton não é a mesma equipe do meu jogo de estréia. Agora eles jogam de maneira mais confiante e representarão um grande desafio".


Curiosidades: 
O Everton venceu dois dos últimos três confrontos de Premier League contra o Leicester.

O Leicester não tomou gols em nenhum jogo da Liga em 2018. O caso mais recente de um time que conseguiu atingir quatro partidas do ano corrente sem ser vazado foi o Manchester City de 2013.

Essa será a milésima partida de Liga de Big Sam no comando de um time inglês e o retrospecto não é dos melhores.
São 388 vitórias, 263 empates e 348 derrotas.


Após 10 meses se recuperando de grave lesão, Seamus Coleman será novamente relacionado para o jogo.

Prováveis escalações:

Everton: Pickford, Kenny, Holgate, Jagielka e Martina (Garbutt); Gana e Schneiderlin; Walcott, Rooney e Sigurdsson; Tosun.
Treinador: Sam Allardyce.

Leicester: Schmeichel, Amartey, Dragovic, Maguire e Chilwell; Ndidi, James, Albrighton e Mahrez; Okazaki e Vardy.
Treinador: Claude Puel.


Dados do jogo:

Data e hora: 31/01/2018 - 17:45
Estádio: Goodison Park
Árbitro: Chris Kavanagh
Transmissão: WATCH ESPN.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Pós-Jogo: Everton 1x1 West Bromwich (EPL 2017/18, 24ª rodada)


No último sábado, o Everton recebeu o West Bromwich buscando afastar-se da parte de baixo da tabela, mas não conseguiu passar de um empate por 1x1 contra a equipe de Alan Pardew. Os Toffees, mais uma vez, decepcionaram sua torcida com uma atuação desorganizada e apática.

O jogo

Sam Allardyce tentou lançar mais fôlego ao campo para a partida contra o West Brom. O jovem Vlasic foi escaldo na ponta esquerda, o estreante, Walcott, na direita e Sigurdsson centralizado como armador.
No entanto, o Everton que acabou sendo surpreendido com a ofensividade dos visitantes logo no início de partida. Antes dos sete minutos os Baggies já tinham aparecido duas vezes na cara de Pickford. Na segunda, Rodriguez aproveitou grande lançamento de Krychowiak para abrir o placar.

O Everton seguiu durante todo o primeiro tempo com muita dificuldade para criar jogadas. O primeiro chute a gol da equipe só foi sair próximo dos quarenta minutos em finalização de fora da área de Kenny. 

O West Bromwich controlou bem o jogo e levou com certa tranquilidade a vantagem para o intervalo.

Allardyce retornou para a segunda etapa com Bolasie no lugar do apagado Vlasic. A entrada do congolês não surtiu muito efeito e o Everton continuou sem conseguir levar perigo ao gol de Foster.

Aos quinze minutos do segundo tempo, McCarthy desarmou Rondón  no momento de uma finalização perigosa. Infelizmente, o atacante venezuelano acabou acertando McCarthy e lesionando gravemente o volante do Everton.

Em uma tentativa de deixar a equipe mais ofensiva, Big Sam escolheu Rooney como substituto do irlandês. O Everton começou a trabalhar um pouco mais a bola no meio de campo, mas nada que significasse um aumento no poder de ataque.

Com setenta minutos jogados, o técnico do Everton trocou seu centroavante. Niasse entrou no lugar de Cenk Tosun e com menos de um minuto em campo empatou a partida, aproveitando passe de cabeça de Walcott.

O Everton ainda teve uma boa chance para virar o jogo em grande finalização de Walcott da entrada da área, mas o ponta acabou parando no goleiro Foster.

Com o empate, o Everton soma agora seis partidas, em sequência, sem vitória na Liga. O time precisa urgentemente voltar a vencer para que o fantasma do rebaixamento não volte a passear por Goodison Park.

Estatísticas

Everton
West Bromwich
Posse de bola
57%
43%
Chutes
9
15
Chutes na meta
4
5
Escanteios
0
3
Faltas
15
10
Cartões amarelos
2
2
Cartões vermelhos
0
0

Gols da partida: http://www.okgoals.com/match-highlights-1516469703---40