sábado, 3 de dezembro de 2016

Pré-Jogo: Everton x Manchester United (Campeonato Inglês 2016-17, 14ª rodada)


O Everton irá receber o Manchester United no Goodison Park em partida válida pela décima quarta rodada da Premier League. O duelo coloca frente a frente sexto e sétimo colocados da tabela que tentam deixar para trás sequências negativas no campeonato. Os Toffees não vencem há 3 partidas, enquanto os Red Devils só obtiveram 1 triunfo nos últimos 5 confrontos de Liga.



Desfalques:



Ronald Koeman novamente terá todo o elenco disponível com exceção do lesionado Besic. Do outro lado, José Mourinho não contará com Rooney que tomou o quinto amarelo contra o West Ham e não enfrentará seu clube formador. Pogba e Fellaini voltam após cumprirem suspensão. Luke Shaw é dúvida, mas deve se juntar a Smalling e Bailly sendo mais uma ausência na equipe dirigida pelo português.


Coletiva:


Na entrevista pré jogo Ronald Koeman ressaltou a importância do duelo e disse estar feliz com a possibilidade de passar o Manchester United na classificação. O Holandês afirmou  que sabe que o time tem que jogar mais futebol, ser mais compacto durante toda a partida e preciso no ataque. Koeman ressaltou: "O momento é de trabalhar forte e mostrar personalidade".

O enfrentamento realmente vai exigir muita personalidade e raça dos jogadores do Everton.

Curiosidade:


Goodison Park é o estádio que o Man Utd mais venceu como visitante na história da Premier League, já foram 15 vitórias.


Prováveis escalações:


Everton (4-2-3-1)

Stekelenburg, Coleman, Jagielka, Ashley Williams e Baines; Gana e Barry; Lennon, Barkley e Bolasie; Lukaku.
Técnico: Ronald Koeman

Man Utd. (4-2-3-1)
De Gea, Valência, Jones, Rojo e Blind (D. Martínez); Carrick e Pogba; Mata, Mkhitaryan e Martial; Ibrahimovic.
Técnico: José Mourinho

Transmissão: ESPN Brasil, domingo, 14:00 (horário de Brasília).

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Pós-Jogo: Southampton 1x0 Everton (Campeonato Inglês 2016-17, 13ª rodada)


No último domingo (27), o Everton foi derrotado pelo Southampton por 1 a 0, jogando fora de casa. Com o resultado, os Toffees caíram para a sétima colocação na Premier League, com 19 pontos.

Logo aos 40 segundos (!) de jogo, Højberg cruzou para a área, Sims tentou a finalização e Austin, em cima da linha, completou de cabeça, inaugurando o placar.

Aos 13 minutos, Højberg arriscou de fora da área, mas mandou por cima. Três minutos depois, Redmond recebou dentro da área e cruzou para Sims, que cabeceou fraco. O Everton respondeu aos 25', quando Coleman recebeu na grande área e cruzou para Gueye, mas a finalização não foi boa, saindo por cima da meta. Aos 33 minutos, Baines cobrou falta na área e Barry tentou de cabeça, mas a bola foi muito alta.

Na segunda etapa, os donos da casa seguiram melhores na partida. Aos três minutos, após cobrança de escanteio, Højberg driblou Bolasie e encheu o pé, acertando a trave. Aos nove, Bolasie recebeu a bola de Lennon, carregou até a grande área e chutou, à direita do gol. Dois minutos mais tarde, cruzamento de Cédric Soares e cabeçada forte de Austin, que obrigou Stekelenburg a praticar ótima defesa.

Ronald Koeman colocou Deulofeu e Mirallas nos lugares de Lennon e Barkley, respectivamente. Aos 32 minutos, Ward-Prowse arriscou de fora da área, Stekelenburg defendeu e, no rebote, Austin rolou para Ward-Prowse, que desperdiçou boa chance. Dois minutos mais tarde, Ward-Prowse recebeu cruzamento de Cédric Soares e finalizou; Stekelenburg fez defesa parcial e Jagielka tirou, em cima da linha.

Koeman ainda promoveu a entrada de Enner Valencia no lugar de Baines, mas os donos da casa controlaram a partida até o final e ficaram com os três pontos.

No próximo domingo, às 14h (horário de Brasília), o Everton recebe o Manchester United.

Estatísticas:


Southampton
Everton
Posse de bola
53%
47%
Chutes
17
13
Chutes na meta
7
1
Escanteios
5
2
Faltas
11
12
Cartões amarelos
0
2
Cartões vermelhos
0
0

Gol do jogo:

sábado, 26 de novembro de 2016

Pré-Jogo: Southampton x Everton (Campeonato Inglês 2016-17, 13ª rodada)


O Everton visitará o Southampton neste domingo pela décima terceira rodada do Campeonato Inglês. Os azuis buscam sair da péssima sequência de resultados das últimas rodadas. O também jogo marcará o reencontro de Ronald Koeman com seu ex-clube.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Após cumprir suspensão, Gareth Barry volta a estar a disposição de Ronald Koeman
Gareth Barry volta a ficar a disposição de Ronald Koeman após cumprir suspensão automática na última rodada. O treinador finalmente conta com quase todo seu elenco. A única exceção é o volante Besic, que ainda recupera-se de uma lesão grave.

O meio campista Tadic e o zagueiro José Fonte são dúvidas para a partida pelo lado dos Saints.

CURIOSIDADES

O Everton marcou três gols contra contando os últimos três jogos em ST. Mary's.
Romelu Lukaku tem três gols e uma assistência jogando na casa do Southampton.
O time de Ronald Koeman só conquistou seis dos últimos vinte e um pontos que disputou.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Everton: Stekelenburg, Coleman, Williams, Funes Mori e Baines; Gana Gueye,  Barry, Barkley, Lennon, Bolasie e Lukaku.

Southampton: Forster, Martina, Yoshida, Van Dijk e Bertrand; Davis, Romeu, Clasie, Redmond, Boufal e Austin.

TRANSMISSÃO
Watch ESPN (internet) - 14h30 (horário de Brasília)

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Pós-jogo: Everton 1x1 Swansea (Campeonato Inglês 2016/17,12ª rodada)


O Everton recebeu o Swansea em jogo válido pela décima segunda rodada e acabou só conseguindo um suado empate contra o último colocado da Premier League. O resultado decepcionante manteve o Everton na sétima posição com 19 pontos.

O jogo

A partida começou e permaneceu morna por bastante tempo com os dois times errando passes e com dificuldades na criação. A primeira chance só foi aparecer aos 19' em bela cobrança de falta de Sigurdsson que Stekelenburg espalmou para escanteio. Na cobrança do corner o zagueiro Amat cabeceou com perigo para fora.

A primeira oportunidade do Everton só apareceu aos 25' quando Bolasie recebeu pela esquerda já dentro da área e cruzou muito forte para Lukaku, o belga não conseguiu controlar a finalização e a bola bateu em sua coxa e acabou indo por cima do gol defendido por Fabianski.

Aos 29' Bolasie fez outro levantamento da esquerda, dessa vez para Ross Barkley, o camisa 8 dominou muito bem, girou e bateu de canhota para fora.
Aos 39' Barkley levou perigo novamente, dessa vez cobrando falta da entrada área, o chute saiu rasteiro e obrigou Fabianski a fazer uma boa defesa.
O Swansea respondeu com Sigurdsson que recebeu dentro da área, limpou Jagielka e Baines para depois ser atropelado pelo próprio Jagielka, Penalti! O mesmo Sigurdsson bateu com categoria deslocando Stekelenburg, 1x0 Swansea.
O Everton ainda teve mais uma grande chance antes do intervalo. Bolasie recebeu de Lukaku após bela troca de passes do ataque, saiu cara a cara com Fabianski e bateu colocado de direita, o goleiro Polonês fechou bem o ângulo e fez mais uma boa defesa para manter o Swansea a frente do marcador.

No segundo tempo o Everton tentou pressionar mais, avançando suas linhas e ficando com a posse de bola. Barkley se mostrava bastante participativo, mas a equipe insistia em péssimos cruzamentos.
Deulofeu entrou aos 66' para tentar aumentar a intensidade do time, mas o Everton seguia com dificuldades na criação de jogadas e a torcida já se mostrava impaciente.
Aos 72' Mirallas substituiu McCarthy que não estava bem na partida, Barkley recuou para jogar como volante mas nada disso alterou o cenário do jogo de posse bola sem ameaças e ações de ataque demasiadamente concentradas pela direita.
Sigurdsson quase fez seu segundo gol aos 86', mas o chute cruzado de dentro da área parou em Stekelenburg.
O jogo ainda reservava uma surpresa e o autor dela foi Coleman. Aos 89' o lateral irlandês apareceu dentro da área, aproveitou uma bola mal afastada pela defesa do Swansea e cabeceou no ângulo direito de Fabianski, 1x1.

Coleman comemorando com Baines o gol que livrou o Everton de um resultado ainda pior
O Everton ainda teve duas boas chances para virar o jogo, uma com Bolasie que parou no pé salvador de Amat quase na linha do gol e a outra com um chute fraco de Lukaku da entrada da grande área facilmente defendido por Fabianski.
Não teve jeito, fim de partida em Goodison Park: 1x1.

O resultado marcou o quinto jogo seguido pela Liga em que os Toffees não conseguem derrotar o Swansea. Nos últimos 5 enfrentamentos, foram quatro empates e uma derrota.
O próximo compromisso do Swansea acontece sábado, em casa (Liberty Stadium), contra a boa equipe do Crystal Palace, enquanto o Everton inicia uma sequência de cinco jogos bem complicados enfrentando o Southampton fora de casa (St. Mary's Stadium), domingo, 14:30.
Os outros quatro confrontos serão: Manchester United (casa), Watford (fora), Arsenal (casa) e o derby contra o Liverpool (casa).
Que o time encontre forças e jogue com mais intensidade e raça para passar por essas pedreiras que estão por vir.

Ficha Técnica
Everton (4-2-3-1)
Stekelenburg, Coleman, Jagielka (Enner Valência 83'), Ashley Williams e Baines; McCarthy (Mirallas 72') e Gueye ; Bolasie , Barkley e Lennon (Deulofeu 66'); Lukaku.
Treinador: Ronald Koeman

Swansea (4-3-3)
Fabianski, Naughton, Amat , Federico Fernandez e Taylor; Cork, Fulton (Ki Sung-yueng 87') e Fer; Barrow (Nathan Dyer 81'), Routledge e Sigurdsson.
Treinador: Bob Bradley

Gols: Sigurdsson (41') e Coleman (89')
Amarelos: Jagielka, McCarthy, Baines, Barkley e Mirallas
Barrow e Naughton

Estatísticas
Critérios
Everton
Swansea
Posse de bola
63%
37%
Chutes
14
6
Chutes a gol
6
3
Escanteios
10
3
Faltas
13
12
Cartões amarelos/vermelhos
5/0
2/0
Impedimentos
1
4

Melhores momentos

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Pré-Jogo: Everton x Swansea (Campeonato Inglês 2016-17, 12ª rodada)


Neste sábado o Everton recebe o Swansea em Goodison Park buscando apagar a desastrosa atuação da última rodada. O adversário para uma recuperação não poderia ser melhor. O Swansea é um dos piores times da competição ao lado do Sunderland. Ambos conquistaram apenas cinco pontos após onze rodadas.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Após longo tempo afastado, Leighton Baines está novamente relacionado para um jogo 
Leighton Baines está finalmente de volta aos relacionados, após longo período afastado por lesão. Outro que retorna de lesão é James McCarthy, que pode iniciar o jogo na vaga do suspenso Barry. Gana Gueye retorna normalmente ao time após cumprir suspensão na última rodada.

Pelo lado do Swansea, o ponta equatoriano Jefferson Montero é a única dúvida do técnico Bob Bradley.

RETROSPECTO

O Everton não conseguiu uma vitória contra o Swansea nos últimos quatro confrontos pela Liga. Foram três empates e uma derrota.

O Swansea só venceu o Everton duas vezes em vinte e cinco embates disputados contando todas as competições.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:
Everton: Stekelenburg, Coleman, Williams, Funes Mori, Baines; Cleverley, Gueye, Bolasie, Barkley, Mirallas e Lukaku.

Swansea: Fabianski, Naghton, Mawson, Van der Hoorn, Taylor; Britton, Fer, Routledge, Barrow, Sigurdsson e Llorente

TRANSMISSÃO:
Watch ESPN (internet) - 13h00 (horário de Brasília)

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Pós-Jogo:Chelsea 5x0 Everton (Campeonato Inglês 2016/17,11ª rodada)


O Everton foi até Londres, em Stanford Bridge enfrentar a equipe do Chelsea pela 11 rodada da Premier League e acabou sendo destruído pela boa equipe de Antonio Conte.

Formações:
Pensando em reforçar o sistema defensivo por conta do grande poder ofensivo do Chelsea e pela ausência de seu melhor marcador no meio de campo (Idrissa Gueye), RK mandou a campo uma equipe com 3 zagueiros e mais Cleverley ,Barry e Barkey no meio-campo, Coleman e Oviedo nas alas e Bolasie acompanhando Lukaku no ataque, não deu nada certo.

O jogo

Desde o início da partida o Chelsea manteve a posse de bola e quando não a tinha subia as linhas dificultando muito a saída de bola dos Toffees que mais uma vez encontraram muitas dificuldades na criação de jogadas .

Logo aos 19' Barry foi desarmado no ataque por Matic, a bola sobrou para Diego Costa que puxou o contra ataque pelo meio e acionou Hazard pela esquerda, ele invadiu a área cortou para a direita e chutou cruzado no canto.
1x0
Aos 20', logo na sequência do primeiro gol, o Everton errou de novo pelo lado direito, Hazard girou para cima de A. Williams e encontrou Pedro pela direita, o espanhol rolou para dentro da área e Marcos Alonso completou de pé esquerdo.
2x0.



A equipe londrina continuou soberana em campo e aos 32' Moses carimbou a trave após belo cruzamento de Alonso, era um baile !
Koeman tentou alterar o cenário do jogo colando Mirallas no lugar de Oviedo e passando a equipe para um 4-1-4-1, mas a alteração não surtiu efeito algum.

Aos 42' o Chelsea fez mais 1 .
Hazard cobrou escanteio da direita, Matic raspou de cabeça na bola que caiu para Diego Costa fuzilar de pé direito.
3x0, nono gol de Diego Costa, artilheiro isolado da Premier League.

Na segunda etapa, o jogo não mudou em nada. O Chelsea manteve a mesma intensidade e o Everton a mesma apatia. Courtois foi um mero espectador durante todo o confronto.

Aos 56' depois de linda jogada pela direita Hazard coroou sua exibição. O belga tabelou bonito com Pedro, arrumou para a canhota e bateu no contra pé de Stekelenburg, 4x0 com Hazard monstruoso.
Pouco tempo depois, aos 65' o Chelsea fechou o caixão do Everton. Diego Costa puxou outro contra ataque pelo meio, deu uma caneta em Jagielka, avançou e rolou na medida para Hazard chutar colocado, Stekelenburg espalmou para os pés de Pedro que só chapou para o fundo do gol, 5x0.

Depois disso o Chelsea tirou o pé e administrou o marcador até o apito final.
Nos últimos 5 jogos, depois da mudança tática de Conte o Chelsea ganhou as 5 partidas, fez 16 gols e não tomou nenhum, marcas impressionantes que levaram os Blues de Londres a vice liderança da Premier League.
Do outro lado, o Everton terá o tempo da data Fifa para colocar a casa em ordem, a derrota fora de casa para o forte Chelsea estava nos planos mas não do jeito que aconteceu, não acertando nenhum chute no gol adversário.
É preciso definir um esquema rapidamente e já olhar com muita atenção para o mercado que se abre em janeiro.
A necessidade de jogadores para criação e armação das jogadas ficou mais uma vez escancarada.

O próximo confronto dos Toffees será no sábado, dia 19/11, 13:00 contra o Swansea no Goodison Park.

Ficha Técnica:
Chelsea (3-4-3)
Courtouis, Azpilicueta, Cahill (Terry 84') e D Luiz; Moses, Kanté, Matic e M Alonso; Pedro (Oscar 71') Hazard (Batshuayi 80') e Diego Costa.
Técnico: Antônio Conte

Everton ( 3-5-2 )
Stekelenburg, A Williams, Jagielka e F Mori; Coleman, Cleverley, Barry (Lennon 60'), Oviedo (Mirallas 36') e Barkley; Bolasie (Tom Davies 66') e Lukaku.
Técnico: Ronald Koeman

Gols: Hazard (19' e 56'), M.Alonso (20'), Diego Costa (42') e Pedro (65')

Assistências: Diego Costa (19'), Pedro (20' e 56') e Matic (42').

Amarelos: Bolasie, Jagielka e Barry.

Estatísticas
Critérios
Chelsea
Everton
Posse de bola
60%
40%
Chutes
21
1
Chutes a gol
9
0
Escanteios
4
2
Faltas
5
16
Cartões amarelos/vermelhos
00
3/0
Impedimentos
2
1

Melhores momentos
http://espn.uol.com.br/video/644808_premier-league-melhores-momentos-de-chelsea-5-x-0-everton