terça-feira, 19 de setembro de 2017

Pré-Jogo: Everton x Sunderland (Copa da Liga 2017/18, 3º Fase)



Nessa quarta-feira, em partida válida pelo 3º round da Copa da Liga (Carabao Cup) o Everton volta ao Goodison Park para enfrentar o Sunderland. Os Toffees precisam reagir rapidamente após seguidos resultados negativos e um péssimo futebol apresentado.

Apesar do nível de dificuldade que o calendário apresentou nos últimos embates (Chelsea, Atalanta e Man Utd. fora e Tottenham em casa) os números são preocupantes. Nesse período, o time de Ronald Koeman levou 12 gols e não marcou nenhum, criando poucas oportunidades e se postando de forma desorganizada dentro de campo.

Teoricamente, o confronto contra o Sunderland chega em boa hora. Os Black Cats ocupam a 21ª colocação da segunda divisão inglesa e certamente não tem as ferramentas que nossos adversários anteriores tinham para nos causar tamanho estrago. No entanto, vale lembrar que o Everton foi eliminado nessa mesma fase da competição na temporada passada. Na ocasião, o Norwich acabou triunfando por 2x0 em pleno Goodison Park.

Curiosidades: 

Os Toffees só passaram pelo 3º Round da Copa da Liga duas vezes nos últimos sete anos.

Na história, Everton e Sunderland se enfrentaram em duas oportunidades pela Copa da Liga e em ambas os Black Cats prevaleceram.

Muitos jogadores que fazem parte do atual elenco do Sunderland já jogaram pelo Everton, entre eles estão: Oviedo, Rodwell, Gibson, McGeady e Vaughan.

Novidades:

Koeman deve fazer alterações na equipe titular dando oportunidade para jogadores como o jovem Jonjoe Kenny e o meio campista Klaassen.

Pelo lado do Sunderland, os jogadores Browning e Galloway (emprestados pelo Everton) não poderão atuar.

Destaque na base, o lateral Jonjoe Kenny pode estar entre os 11 titulares.

Prováveis Escalações:

Everton: Stekelenburg, Kenny, Holgate, Williams e Baines; Besic, Gana e Klaassen; Mirallas, Carvet-Lewin e Sandro.
Técnico: Ronald Koeman.

Sunderland: Ruiter (Steele), Matthews, Wilson, Koné e Oviedo; Cattermole, Ndong; Williams, McGeady e McManaman; Vaughan.
Técnico: Simon Grayson


Data e Horário: 20/09/2017, 15:45.
Sem transmissão no Brasil.

domingo, 17 de setembro de 2017

Pós-Jogo: Manchester United 4x0 Everton (Premier League 2017/18, 5ª Rodada)


Neste domingo (17), o Everton sofreu uma dura derrota pela quarta vez seguida: agora, foi o Manchester United quem bateu os Toffees por 4x0, no Old Trafford. Valencia, Mkhitaryan, Lukaku e Martial marcaram os gols da goleada. 

Contando todas as competições, o Everton já soma seis jogos sem vencer. Para piorar, nas últimas quatro partidas os comandados de Ronald Koeman sofreram 12 gols e não fizeram um tento sequer. O resultado não poderia ser diferente: equipe na zona da degola com apenas quatro pontos.

Logo aos quatro minutos da primeira etapa, Matic virou o jogo na direita e Valencia acertou um lindo chute, abrindo o marcador no Old Trafford. Os primeiros 20 minutos foram de extremo domínio dos mandantes, mas aos poucos o Everton foi tentando equilibrar as ações da partida.

Lukaku marcou e provocou a torcida do Everton
A primeira boa chance dos Toffees só veio aos 22 minutos, quando Martina rolou para Rooney chutar com perigo. Individualmente o Everton até que tinha qualidade, mas a falta de organização era nítida e atrapalhava o time. 

O segundo tempo começou com duas boas chegadas dos Toffees. Primeiro, Rooney ganhou a bola na pequena área e chutou em cima de De Gea. Aos trancos e barrancos, Sigurdsson chegou na cara gol, mas também finalizou em cima do goleiro espanhol. Essas foram duas jogadas isoladas, e individuais, de uma equipe sem padrão tático. 

Koeman tentou arrumar o time com três alterações, mas o resultado em campo foi o inverso: Davies, Rooney e Gueye deram lugar a Sandro, Cavert-Lewin e Mirallas. A saída do volante ganês deixou o Everton exposto e perdido na área central.

Rooney perdeu a melhor chance do Everton
Os defensores dos Toffees cansaram de errar passes na defesa, e foi em um erro de passe de Williams que Mkhitaryan fez o segundo gol do United, aos 38. Seis minutos mais tarde, Lukaku fez valer a "lei do ex", marcou o segundo gol e provocou a torcida azul no Old Trafford. Ainda teve tempo para Martial sofrer e converter o pênalti, decretando a goleada dos Red Devils.

O próximo confronto do Everton será pela Copa da Liga Inglesa, contra o Sunderland, quarta-feira (20), às 15h45, no Goodison Park. 

Estatísticas:


Manchester United
Everton
Posse de bola
49%
51%
Chutes
16
7
Chutes na meta
7
3
Escanteios
4
1
Faltas
15
14
Cartões amarelos
1
1
Cartões vermelhos
0
0

sábado, 16 de setembro de 2017

Pré-Jogo: Manchester United x Everton (Premier League 2017/18, 5ª Rodada)


Neste domingo o Everton visitará o Manchester United em Old Trafford pela quinta rodada do Campeonato Inglês. Com um aproveitamento bem baixo e um futebol bem pobre até aqui, a probabilidade de trazer uma vitória na bagagem é bem pequena, mas, claro, não é possível cravar nada antes da bola rolar. A expectativa é de que os resultados ruins tenham balançado o elenco e o técnico Ronald Koeman, e isto acabe refletindo-se em uma mudança, pelo menos, de postura dentro de campo.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Gana Gueye, Klaassen e Sandro Ramírez podem voltar ao time titular, depois de terem sido poupados no confronto pela Liga Europa durante a semana.

O Manchester United não contará com o meio-campista Paul Pogba. O francês acabou saindo machucado na partida pela Liga dos Campeões na última teça-feira.

CURIOSIDADES

Contando as últimas vinte e quatro visitas ao Old Trafford, o Everton só conseguiu sair com a vitória em uma ocasião. Oviedo marcou o solitário gol do triunfo em 2013.

Sigurdsson participou diretamente de seis gols (três gols e três assistências) contando as últimas seis vezes que enfrentou o Manchester United.

ESCALAÇÕES PROVÁVEIS

Manchester United: De Gea; Valencia, Jones, Bailly e Blind; Matic, Fellaini, Martial, Mkhitaryan, Rashford e Lukaku.

Everton: Pickford; Keane, Williams e Jagielka; Martina, Schneiderlin, Gana Gueye e Baines; Sigurdsson, Rooney e Sandro Ramírez.

TRANSMISSÃO: ESPN Brasil (TV por assinatura) - 12h00 (horário de Brasília)

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Pós-jogo: Atalanta 3x0 Everton (Uefa Europa League 2017/18, fase de grupos)


Nesta quinta-feira(14), o Everton estreou na Europa League da pior maneira possível: foi amassado pela Atalanta no Mapei Stadium. Masiello, Papu Gómez e Cristante foram os responsáveis pela dura derrota por 3 a 0 na Itália.

No outro jogo do Grupo E, o Lyon vencia o jogo até os 48 minutos da etapa final, quando Corpa empatou para o Apollon Limassol, no Chipre. No dia 28 de setembro, o Everton recebe os cipriotas no Goodison Park. Enquanto Lyon e Atalanta se enfrentaram na França.

Empurrados por sua torcida incandescida, a Atalanta começou pressionando o Everton, que mal passou do meio de campo até os 10 minutos iniciais. As primeiras chances da partida ainda foram dos Toffees - Primeiro Sigurdosson bateu da entrada da área para boa defesa de Berisha, na sequência Rooney tentou surpreender com um cavadinha mas mandou por cima.

Torcida da Atalanta fez uma linda festa no Mapei Stadium
À partir dos 20 minutos, foi um verdadeiro massacre dos italianos. Aos 26, Stekelenburg fez grande defesa após chute a queima roupa de Massielo. Na cobrança de escanteio, a bola bateu em Jagielka e sobrou limpa para o zagueiro nerazzurro, que desta vez não desperdiçou. 

Aos 41, Gómez acertou um lindo chute de fora da área para ampliar o marcador no Mapei Stadium. Três minutos depois, A Atalanta se beneficiou de um erro de passe e a lenta reposição do Everton. Petagna deu linda enfiada para Cristante, que tocou na saída de Stekelenburg e marcou o terceiro dos italianos.

O ritmo da partida caiu muito no segundo tempo, principalmente por parte dos italianos, que cozinharam a partida até o apito final. Se a Atalanta forçasse mais conseguiria uma goleada sobre uma equipe sem reação e fome de vitória.

Estatísticas:


Atalanta
Everton
Posse de bola
51%
49%
Chutes
21
12
Chutes na meta
8
3
Escanteios
6
2
Faltas
7
8
Cartões amarelos
1
1
Cartões vermelhos
0
0

Gols: http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/season=2018/matches/round=2000890/match=2022022/index.html



quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Pré-Jogo: Atalanta x Everton (Uefa Europa League 2017/18, fase de grupos)


O Everton ainda busca encontrar-se na temporada, tanto taticamente quanto animicamente. A equipe ainda não conseguiu mostrar muita coisa nesses primeiros jogos de Liga Europa e Premier League. E acabou abraçando muito facilmente os resultados que não terminaram em vitória. A partida contra a boa equipe da Atalanta amanhã marca a estreia do clube na fase de grupos da Liga Europa. O grupo que ainda conta com Lyon e Apollon Limasol tem tudo para ser um grande desafio para os Toffees, que precisarão subir rapidamente de nível, caso queiram conquistar algo na temporada.

Novidades das equipes

O Everton contará com o mesmo elenco que esteve disponível na derrota por três a zero para o Tottenham.

Pelo lado dos italianos, o ala Spinazzola é dúvida.

Curiosidades

A partida de amanhã marcará o primeiro confronto da história entre as duas equipes.

A Atalanta mandará seus jogos continentais no estádio Mapei em Reggio Emilia, já que seu estádio Azzurri d'Italia, em Bérgamo, foi vetado pela UEFA.

O Everton enfrentou equipes italianas seis vezes por competições europeias. Sendo os resultados uma vitória, dois empates e três derrotas.

Escalações prováveis:


Atalanta: Berisha; Tolói, Caldara e Masiello; Castagne, Cristante, de Roon, Gosens e Ilicic; Gomez e Petagna.


Everton: Pickford; Holgate, Keane e Jagielka; Davies, Gana Gueye, Klaassen, Sigurdsson e Baines; Rooney e Calvert-Lewin.

Transmissão: Fox Sports (TV por assinatura) - 14h00 (horário de Brasília)

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Brazilian Toffees: Yuri Medeiros

Nesta semana quem aparece aqui na nossa sessão de entrevistas com os torcedores brasileiros do Everton é o paraibano Yuri Medeiros.


De onde é e quantos anos tem?
Sou paraibano de Campina Grande, e tenho 36 anos, mas atualmente moro em São Luís do Maranhão, a trabalho.

Quando começou a torcer pelo clube e qual foi o motivo?
Sempre fui um fã do futebol europeu, na minha adolescência a TV Manchete e a TV bandeirantes, transmitiam com certa frequência jogos do campeonato italiano e alemão. Certo dia, uma dessas emissoras, e não lembro exatamente qual, passou o VT da final da FA Cup de 1995, onde o Everton sagrou-se campeão.

Foi o meu primeiro contato com o futebol inglês e com o Everton, amor a primeira vista, desde esse dia passei a pesquisar em revistas e adotei os Toffees como meu time nos vídeo games a partir do FIFA 95.

Tem algum jogo marcante do clube na memória?
Essa final de 95 é o mais marcante, por ter sido um jogaço, onde o Everton defensivamente foi perfeito e muito perigoso nos contra ataques, e por ter sido o jogo que me abriu as portas para o clube e para o futebol inglês.

Qual é o seu jogador favorito que já atuou pelo Everton? E do elenco atual?

Depois dessa partida, passei a acompanhar mais de "perto" (na medida do possível, dadas as dificuldades para assistir o futebol inglês) o Everton, e devido o FIFA 95, onde o Duncan Ferguson era meu goleador, talvez ele tenha sido meu primeiro jogador favorito, mas nesse time também gostava do Southall e do Barry Horne, depois virei fã do Unsworth e do Hibbert.

Do atual elenco, fico muito dividido entre o Baines e o Coleman, mas se tiver de escolher um, fico com o Baines.

O que o Everton significa na sua vida?

"Escolheu torcer para um time que nunca ganha nada?"
Já ouvi essa pergunta milhares de vezes, e sempre respondo da mesma forma: "eu não escolhi o Everton, ele que me escolheu". 

É um sentimento difícil de descrever, amor, paixão... Só sei que esse clube mudou parte da minha vida, e quando ele está em campo, nada mais importa, eu paro tudo para vê-lo.

Quais são as suas expectativas para a próxima temporada?

Eu ainda estou tentando assimilar essa nova realidade que estamos vivendo, essa quantidade absurda de dinheiro que estamos movendo, parece algo inacreditável. Parece que uma hora alguém vai acordar você e dizer que era um sonho.
Mesmo assim, com todas essas mudanças acontecendo, eu prefiro manter os dois pés no chão, talvez essa longa caminhada com o Everton tenha me deixado calejado.
Não espero título a curto prazo, se vier, vou comemorar como se deve, mas prefiro não alimentar essa expectativa.

Vejo um trabalho na base sendo muito bem feito, isso é o que me deixa mais feliz, claro que todo clube vive do momento do time principal, e até agora, temos tido uma janela de transferências inacreditável, a volta do Rooney (prefiro não dar minha opinião de torcedor magoado), a vinda de jovens promissores, novos patrocinadores e a expectativa pelo novo estádio. Como disse antes, parece um sonho, e espero que se concretize, reconquistando o respeito e nosso espaço, entre os grandes.