sábado, 20 de outubro de 2018

Pré-Jogo: Everton x Crystal Palace (EPL 2018-19, 9ª rodada)



Após a sequência de duas vitórias antes da parada internacional, o Everton volta a campo neste domingo para continuar seus êxitos na liga. Os Toffees recebem o Crystal Palace em Goodison Park, buscando mais três pontos para subirem na tabela.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Contratados no início de agosto, Mina e André Gomes finalmente estão em condições de estrear com a camisa do Everton
Idrissa Gueye voltou da seleção senegalesa com uma lesão no tornozelo, e é dúvida para o jogo de amanhã. Em compensação, os recém-contratados Yerry Mina e André Gomes estão finalmente disponíveis para estrearem pelo Everton, e podem ser relacionados para a partida, assim como McCarthy, finalmente recuperado da perna que havia sido quebrada no início deste ano. É provável que Marco Silva repita o esquema tático que utilizou na vitória sobre o Leicester, na última rodada.

Já o Palace tem como dúvida sua grande estrela, Wilfried Zaha, com uma lesão na virilha (também após a parada internacional); o atacante ainda tem chances de aparecer na partida. O meia Meyer e o atacante Sorloth também são dúvidas por estarem doentes. Ward e Williams estão fora do jogo.

RETROSPECTO

No último encontro em Goodison Park, os Blues venceram por 3 a 1. No entanto, essa foi a única vitória do Everton contra os Eagles nos últimos cinco encontros em Goodison Park. Ao todo, são 19 vitórias dos Blues, 13 vitórias do Palace e 15 empates.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Everton: Pickford; Kenny, Keane, Zouma, Digne; Davies, Gueye (Schneiderlin); Walcott, Sigurdsson, Bernard; Richarlison.

C. Palace: Hennessey; Wan-Bissaka, Tomkins, Sakho, Van Aanholt; Townsend, Kouyaté, Milivojevic, McArthur; Zaha*, Ayew.

TRANSMISSÃO
ESPN Brasil (TV por assinatura) - a partir das 11h50

ARBITRAGEM
Árbitro: Anthony Taylor
Assistentes: Gary Beswick e Adam Nunn
Quarto árbitro: Simon Hooper

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Pós-Jogo: Leicester 1x2 Everton (EPL 2018-19, 8ª rodada)


No último sábado, o Everton conquistou seu segundo triunfo consecutivo na Liga ao bater o Leicester em pleno King Power Stadium. Em uma partida cheia de golaços, Bernard em uma grande jogada que resultou no primeiro gol e Sigurdsson com uma pintura de fora da área decidiram o resultado para o lado dos Toffees.

O JOGO


Marco Silva promoveu a entrada de Bernard no time titular, deslocando assim Richarlison para jogar mais centralizado no lugar que estava sendo ocupado em partidas anteriores por Cenk Tosun e Calvert-Lewin. 

A mudança não demorou a dar resultado. Logo aos 7 minutos, Bernard fez grande jogada na esquerda, deixando dois adversários para trás, e cruzou para Richarlison completar de perna direita para o fundo do gol. Foi o quarto gol do brasileiro na Premier League.

Richarlison comemorando o gol de abertura do placar
O Leicester só foi levar perigo real ao gol do Everton aos 34 minutos. Vardy escapou nas costas de Keane e saiu na cara de Pickford. O atacante tentou tirar do goleiro, mas acabou jogando para fora.

O Everton dominava as ações do jogo quando acabou levando o empate em um contra-ataque. Aos 40 minutos, Ricardo Pereira recebeu de Iheanacho em velocidade, deixou Kenny no chão com um belo corte e bateu de perna esquerda. A bola ainda tocou em Pickford, porém acabou morrendo nas redes.

Mesmo tendo sido superior, o Everton levou um empate para o vestiário.

A partida no segundo tempo começou bem mais equilibrada. O Everton não conseguiu pressionar como na primeira parte e o Leicester aproveitou para ocupar mais o campo de ataque.

Os donos da casa, inclusive, criaram a primeira grande chance, aos 60 minutos. Chilwell veio conduzindo a bola da esquerda para o centro do campo, abrindo espaço para um forte chute de direita que passou raspando a trave do goleiro do Everton.

A partida tomou outro rumo aos 64. Morgan, que já tinha amarelo, fez uma falta em Richarlison, lance em que o juiz acabou interpretando que valia outro cartão. Assim o Everton ficou em vantagem numérica.

Mesmo com um homem a mais, o Everton não conseguia criar chances de gol, então Marco Silva optou por dar mais poder ofensivo ao time colocando Cenk Tosun no lugar do capitão Tom Davies. A braçadeira de capitão acabou indo para Sigurdsson.

E o novo capitão assumiu a responsabilidade de garantir a vitória do Everton. O meia islandês recebeu de Zouma na intermediária, fintou Maddison e soltou uma pancada de perna direita. A bola entrou no ângulo de Schmeichel. Um gol antológico do camisa 10.

Após a vantagem no placar, bastou ao Everton segurar o resultado para conquistar mais três pontos na Liga. 

Com a vitória, a equipe chegou a 12 pontos na tabela e está empatada com o Leicester na pontuação.

ESTATÍSTICAS


Leicester
Everton
Posse de bola
51%
49%
Chutes
8
17
Chutes na meta
2
8
Escanteios
2
10
Faltas
10
11
Cartões amarelos
2
1
Cartões vermelhos
1
0

NOTAS DOS JOGADORES
Pickford - 6,5
Kenny - 6,5
Keane - 6,0
Zouma - 7,0
Digne - 7,5
Gana Gueye - 6,5
Tom Davies - 6,5
Sigurdsson - 8,0
Bernard - 8,5
Walcott - 6,5
Richarlison - 7,0
Cenk Tosun - 6,0
Schneiderlin - sem tempo de jogo o suficiente para a avaliação

(Em negrito jogadores que vieram do banco)

GOLS DA PARTIDA: http://www.espn.com.br/futebol/partida?jogoId=513764

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Pré-Jogo: Leicester x Everton (EPL 2018-19, 8ª rodada)



Após ser eliminado precocemente da Copa da Liga, o Everton terá a chance de recuperar-se já no próximo fim de semana, quando enfrentará o Leicester pela oitava rodada da Premier League. Dentro da Liga, o Everton de uma boa vitória contra o Fulham, em Goodison Park. Já o Leicester vem de uma vitória, fora de casa, contra o Newcastle.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Everton e Leicester não terão novidades para a rodada. 
A única atualização fica por conta dos lesionados do Everton. Marco Silva confirmou que André Gomes, Mina, Jagielka e Coleman estarão prontos para jogo após a próxima parada para a data FIFA.

RETROSPECTO

Leicester e Everton enfrentaram-se 108 vezes na história. Os Toffees saíram vencedores em 41 embates, os Foxes em 35 e foram contabilizados 32 empates. No último confronto entre as equipes, o Everton acabou vencendo por 2x1 em Goodison Park. Walcott marcou duas vezes e Vardy fez o tento único dos visitantes.

Walcott comemorando um de seus gols na vitória do Everton contra o Leicester em janeiro desse ano
CURIOSIDADES

O Leicester perdeu apenas uma das últimas nove ocasiões em que recebeu o Everton em sua casa.

Na história do confronto entre as duas equipes pela Premier League, a equipe que abriu o placar nunca saiu derrotada.

Theo Walcott já marcou 5 vezes contra o Leicester pela Premier League. O ponta só marcou mais contra o West Ham; 6 gols.

ESCALAÇÕES PROVÁVEIS

Leicester: Schmeichel; Amartey, Maguire, Morgan e Chilwell; Ndidi, Mendy. Pereira, Iheanacho, Maddison e Vardy.

Everton: Pickford; Kenny, Keane, Zouma e Digne; Gana Gueye, Tom Davies, Sigurdsson, Walcott, Richarlison e Cenk Tosun.

Transmissão: ESPN (TV por assinatura) - 10h50 (horário de Brasília)

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Pré-Jogo: Everton x Southampton (Copa da Liga Inglesa, 3ª fase)


Visando a classificação para as oitavas-de-final da Copa da Liga, o Everton recebe o Southampton, na tarde de amanhã. O jogo contará com a tecnologia do VAR para auxiliar as decisões da arbitragem, a exemplo do embate contra o Rotherham. Entretanto, nesta ocasião não houve a necessidade de consulta ao vídeo.

Em caso de classificação, o adversário da próxima fase será o Leicester City, fora de casa.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Tosun deverá ser titular, após quebrar um jejum de sete jogos sem gols.
O técnico Marco Silva deve fazer uma série de alterações em relação ao onze que derrotou o Fulham, no último sábado, para dar rodagem ao elenco. Após o gol na última partida, Tosun está confirmado entre os que iniciarão em campo amanhã.

Do lado dos Saints, Targett e Armstrong devem receber chances no time titular, enquanto Long, Ings, Redmond e o goleiro McCarthy devem ser poupados.

RETROSPECTO

Com gols de Walcott e Richarlison, o Everton derrotou os Saints em agosto.
O último confronto entre Toffees e Saints ocorreu no mês de agosto, pela segunda rodada da Premier League. Vitória do Everton por 2 a 1, com gols de Walcott e Richarlison, enquanto Ings descontou para o Southampton.

No retrospecto geral, ampla vantagem do Everton: 48 vitórias, 22 empates e 29 derrotas.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Everton: Stekelenburg; Kenny, Keane, Zouma e Digne (Baines); Schneiderlin, Tom Davies, Dowell, Bernard, Richarlison e Cenk Tosun.

Southampton: Gunn; Cédric, Yoshida, Bednarek e Targett; Romeu, Lemina, Armstrong, Davis, Gabbiadini e Austin.

TRANSMISSÃO
Sem transmissão para o Brasil.

ARBITRAGEM
Árbitro: Cristopher Kavanagh
Assistentes: Dan Cook e Sian Massey-Ellis
Quarto árbitro: Lee Mason
VAR: Craig Pawson

Pós-Jogo: Everton 3x0 Fulham (EPL 2018-19, 7ª rodada)



O Everton retomou o caminho das vitórias ao bater o Fulham, no último sábado, por 3x0 em Goodison Park. Após um primeiro tempo truncado, a equipe voltou mais leve para a segunda etapa e, mesmo tendo perdido um pênalti, conseguiu sair com uma vitória tranquila.

O JOGO

Marco Silva mandou a campo a mesma equipe que atuou na derrota por 2x0 contra o Arsenal, na rodada anterior.

Contudo, o rendimento do time na primeira parte do jogo, principalmente do ataque, foi muito diferente ao apresentado contra os Gunners. O Everton praticamente não criou chances claras de gol e teve muita dificuldade para trabalhar a bola no ataque. Enquanto o Fulham, que jogava por uma bola, conseguiu uma grande chance cara a cara com Pickford, mas que foi desperdiçada por Sessegnon.

Mesmo com o fraco desempenho na primeira etapa, o técnico português retornou sem alterações para a segunda parte.

O Everton voltou pressionando mais e criando algumas chances em bola parada. Richarlison e depois Zouma levaram perigo em duas cobranças de escanteio de Sigurdsson.

Aos 50 minutos, o Everton teve uma ótima chance de abrir o placar. Calvert-Lewin foi lançado, deu uma meia lua em Odoi, invadiu a área e foi tocado por trás. O árbitro interpretou como lance de pênalti. Sigurdsson foi para a bola, mas acertou o travessão.

Quatro minutos mais tarde, Marco Silva promoveu a entrada de Cenk Tosun no lugar de Calvert-Lewin. Poucos segundos depois, os Toffees abriram o placar com um lindo gol Sigurdsson, redimindo-se do pênalti perdido. Kenny foi até a linha de fundo e cruzou para trás. A bola foi afastada pela defesa do Fulham na direção de Sigurdsson. O meia islandês chegou batendo de perna esquerda fazendo a bola morrer no cantinho de Bettinelli.

O Everton ampliou o placar dez minutos depois com Cenk Tosun. Walcott recebeu grande bola de Kenny na direita e cruzou na cabeça de Tosun. O turco só teve o trabalho de completar para o gol.


Com a segurança do placar de 2x0, o técnico português tirou Richarlison do time e colocou Bernard em seu lugar. O brasileiro precisou de pouco tempo para mostrar impacto no jogo. O meia foi lançado na esquerda por Gueye, avançou em velocidade, brecou e rolou para Sigurdsson sozinho na entrada da área. Gilfy dominou e deu um tapinha de direita deslocando Bettinelli. 

A vitória contra o Fulham deixou o Everton na décima primeira posição na tabela com 9 pontos. O time já retornará a campo nessa terça-feira (2/10) quando receberá o Southampton pela Copa da Liga.

ESTATÍSTICAS


Everton
Fulham
Posse de bola
62%
38%
Chutes
19
6
Chutes na meta
6
0
Escanteios
12
1
Faltas
13
13
Cartões amarelos
0
3
Cartões vermelhos
0
0

NOTAS DOS JOGADORES

Pickford - 7,0
Kenny - 7,5
Keane - 7,5
Zouma - 7,0
Digne - 7,5
Gana Gueye - 7,5
Tom Davies - 6,5
Sigurdsson - 8,5
Walcott - 7,5
Richarlison - 7,0
Calvert-Lewin - 5,5
Cenk Tosun - 7,5
Bernard - 7,5
Schneiderlin - sem tempo de jogo o suficiente para a avaliação

(Em negrito jogadores que vieram do banco)

GOLS DA PARTIDA
http://www.espn.com.br/futebol/partida?jogoId=513773

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Pré-Jogo: Everton x Fulham (EPL 2018-19, 7ª rodada)



Após a derrota para o Arsenal na última rodada, há um panorama mais negativo deste início de temporada: o time de Marco Silva tem o pior recorde de pontos do clube, após as primeiras seis rodadas da liga, desde 1956. Uma vitória amanhã serviria para reverter essa situação, além de concretizar melhor alguns bons momentos do time nos últimos jogos.

NOVIDADES DAS EQUIPES

Bernard pode ganhar uma chance no time titular neste sábado.
Os lesionados Mina, André Gomes, Coleman, Jagielka e McCarthy continuam de fora. A grande questão para a partida deste sábado é sobre o ataque: comentou-se a possibilidade de Marco Silva utilizar Richarlison como centroavante, dando espaço para Bernard atuar em uma das pontas do setor ofensivo. O português desconversou sobre o assunto na última coletiva, então há possibilidade dessa mudança acontecer.

Já o Fulham irá avaliar o zagueiro Mawson, para descobrir se ele irá para Goodison Park ou não. O meia Tom Cairney também é dúvida para a partida. Já o zagueiro Tim Ream se recuperou de lesão e deve voltar ao time titular dos Cottagers.

RETROSPECTO

Pienaar em ação contra o Fulham em Goodison Park, no último encontro entre as equipes no estádio, em 2013.
Ao contrário do nosso histórico diante do Arsenal, o Everton possui bom retrospecto contra o Fulham. O time de Londres jamais venceu os Blues em Goodison Park, pela Premier League: são 21 vitórias do Everton em sua casa. No geral, são 29 vitórias dos Toffees, 13 empates e 19 vitórias do Fulham.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES
Everton: Pickford; Kenny, Keane, Zouma, Digne; Gueye, Schneiderlin; Walcott, Sigurdsson, Bernard (Calvert-Lewin); Richarlison.

Fulham: Bettinelli; Fosu-Mensah, Ream, Chambers, Sessegnon; Anguissa; Vietto, Johanssen, Seri, Schurrle; Mitrovic.

TRANSMISSÃO
Sem transmissão no Brasil.

ARBITRAGEM
Árbitro: Roger East
Assistentes: Simon Beck e Andy Garratt
Quarto Árbitro: Jeremy Simpson