sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Pré-Jogo: Swansea v Everton


  O próximo adversário do Everton é muito perigoso. O Swansea, antes do início da temporada, era tido como uma equipe média, sem grandes ambições no campeonato. A EPL começa e o time de Gales surpreende a todos com um belo futebol e com um resultado de 5 a 0 sobre o Queen Park Rangers, na casa do adversário! E é por isso que os Blues precisam ser impecáveis diante da equipe comandada por Michael Laudrup.

  Já não bastava a sentida ausência de Gibson, agora o Everton se vê sem o seu homem-gol: Jelavic machucou-se durante o jogo contra o Newcastle e ficará de fora dos gramados por duas semanas. Seu substituto é Anichebe que, mesmo sendo um jogador questionável, jogou muito bem contra os Magpies e pode superar as expectativas. Em compensação, o retrospecto é favorável aos Blues: o Swansea nunca derrotou o Everton. Em 15 jogos, foram 11 vitórias para o Clube do Povo e 4 empates; podemos destacar a inesquecível vitória sobre o time galês, fora de casa, com gols de Jelavic e Baines (foto).

  Os Swans ainda não sabem se podem contar com Williams e De Guzman, titulares da equipe. Mas o técnico Michael Laudrup não terá tantos problemas com a escalação e por isso, mesmo com a dificuldade da partida, irá com tudo atrás da vitória e dos três pontos. Os dois times estão empatados em número de pontos (7), com as mesmas campanhas (2 vitórias, 1 empate e 1 derrota) mas o clube galês ultrapassa o Everton no saldo de gols (6 gols pró, contra 1 gol pró dos Blues).

  A vitória é essencial para os dois clubes, que querem engrenar no campeonato e deixar para trás seus últimos resultados (Swansea perdeu para o Aston Villa, enquanto o Everton empatou com o Newcastle, em casa). É hora dos Blues mostrarem a raça e o talento que todos nós já conhecemos!

Everton: Howard, Hibbert, Distin, Jagielka, Baines; Neville, Osman, Mirallas, Pienaar e Fellaini; Anichebe. Técnico: David Moyes.
Swansea: Vorm, Tate, Taylor (Williams), Rangel, Davies; Britton, Agustien (De Guzman), Dyer, Routledge e Michu; Graham. Técnico: Michael Laudrup.



COME ON YOU BLUES!

Um comentário:

  1. Grande jogo o de sábado. Dominamos a partida do inicio ao fim, e so no primeiro tempo o placar ja poderia estar uns 3-0, pelo menos. No segundo sofremos uma pressao, mas o Howard jogou MUITO e foi peça fundamental pra vitoria.

    Claro que nao posso deixar de comentar a atuação primorosa do Fellaini, que a cada dia mostra que tem potencial pra ocupar o lugar do Cahill como o novo queridinho da torcida. O cara jogou muito.

    Piennar tambem foi muito bem, e Anichebe até que se esforçou, fez gol e tentou se movimentar. Falta mais é talento ao cara... rs

    GO TOFFEES!

    ResponderExcluir